Programação Musical
Hemominas intensifica cuidados para receber doadores e pacientes durante
Hemominas

Atenta à preocupação de doadores e da população em geral com a pandemia de Covid-19, a Fundação Hemominas vem implementando vários procedimentos para tornar mais seguros os processos relacionados à doação de sangue e assegurar, ao doador, um ambiente controlado para que possa exercer sua solidariedade com mais tranquilidade.

Nos últimos meses, todas as unidades da Hemominas estão enfrentando queda significativa nos estoques de sangue devido a diversos fatores, como as fortes chuvas e feriados prolongados. Com o impacto do coronavírus, o quadro se agravou.

Agora, mais do que nunca, é preciso doar. Caso contrário, pacientes hematológicos atendidos pela Hemominas em todo o estado, assim como todos aqueles que estão nos hospitais na dependência de transfusões, ficam duplamente fragilizados: pelo vírus em si e pela falta de sangue e hemocomponentes necessários à sua sobrevivência.

Com relação ao doador e pacientes, entre as medidas de higienização e prevenção, a fundação informa que é parte de seu protocolo a obrigatoriedade do uso do álcool 70% –  gel ou líquido – nas mãos para qualquer doador ou pessoa que entre nas unidades.

Na rotina de funcionamento, só serão o aceitas caravanas de doadores de, no máximo, dez pessoas. Além disso, as áreas de espera das unidades e as salas de coleta do sangue foram reorganizadas, de forma a garantir um distanciamento mínimo de 1 metro entre as pessoas.

Outra medida adotada é de que todos os pacientes atendidos nos ambulatórios hematológicos deverão receber máscara cirúrgica para uso durante a permanência nas dependências da fundação.

Também os funcionários – que devem cumprir as normas de proteção estabelecidas pelo Ministério da Saúde, em especial a lavagem das mãos – deverão utilizar máscara cirúrgica e avental descartável para a assistência de pacientes com sintomas gripais/respiratórios.

Após cada atendimento, serão reforçadas, ainda, limpeza e desinfecção da unidade e das cadeiras onde os pacientes permaneceram.

Internamente, outras normas foram estabelecidas: aumentar a frequência da limpeza e desinfecção dos locais com maior circulação, como bancada de portaria, bancada de cadastro, maçanetas e corrimãos; ampliar a frequência da limpeza e desinfecção de banheiros; lacrar o bico dos bebedouros, mantendo apenas a fonte que não implica contato com a boca do usuário; cartazes em todos os banheiros com orientações de como lavar as mãos. Nos setores de cadastro, onde não há vidro de separação, deverá ser mantida a distância mínima de 1 metro entre o funcionário e o doador/paciente.

A Fundação Hemominas reforça que é imprescindível que as pessoas saudáveis compareçam a qualquer das unidades da Hemominas, o quanto antes, para doarem e, assim  contribuírem para manter os estoques de sangue em níveis seguros.

Os doadores voluntários também podem agendar a doação pelo telefone 155, de forma on-line o(site do peloHemominas) oupor meio do MGapp.

 

Leia também
Saúde

Governo de Minas faz parceria com hospitais privados e municipais para ampliar número de leitos no estado

O governador Romeu Zema acompanhou, nesta quinta-feira (26/3), uma vistoria ao Hospital Mater Dei Betim e ao Hospital …

Há 1 dia atrás - 36
Reunião

Câmara Municipal realizará reunião extraordinária para liberar recursos para o enfrentamento ao Coronavírus em Ituiutaba

Após reunião com o Comitê de Enfrentamento ao novo Coronavírus, o presidente da Câmara Municipal de Ituiutaba, vereador …

Há 1 dia atrás - 436
Saúde

Chega a 55, o número de pessoas suspeitas de infecção por Covid-19 em Ituiutaba

Conforme o boletim diário divulgado nesta quinta-feira, 26 de março, às 17h55, pela Secretaria Municipal de Saúde e …

Há 1 dia atrás - 82